O Cristão e o Cético !

segunda-feira, 25 de julho de 2011
    Quando o cético faz uma afirmação, a primeira coisa que devemos fazer como cristãos com um propósito apologético é pedir-lhe para evidenciar sua afirmação. Se o que ele diz é verdadeiro, então deve haver algumas evidências ou provas para sustentar seu argumento. Isto é muito razoável. Na verdade, este princípio estabelece a base para a matemática, ciência, direito, medicina e filosofia.

         Infelizmente, porém, muitos cristãos, quando confrontados com este tipo de situação geralmente se coloca em uma posição defensiva. Eles (céticos) acham que é responsabilidade do cristão estabelecer argumentos que mostrem a falácia do argumento alheio e encontrar as provas que desmascara essas alegações. Isso é um absurdo. Você (Cristão) não fez a afirmação, o cético sim! Tem ele (o cético) Portanto, a responsabilidade de provar os pressupostos de suas afirmativas, seja contra o cristianismo ou há favor do seu sistema de crença.


Ele deve provar o que afirmam


         Imagine esse diálogo comigo, entre um cético e um cristão. Vejamos:


  • CÉTICO: "Como você sendo cristãos pode acreditar que o livro do Gênesis pode ser verdadeiro em Tudo que ele afirma? Você esta se apoiando em uma fé cega, sem evidências?"                                                                                                                                  
  • CRISTÃO: "Então, você está dizendo que acreditar em algo apenas pela fé é errado?" 
  • CÉTICO: "Sim. A ciência provou que é absurdo crer em tal material (Gêneses), pois ela (a ciência)tem provas conclusivas. " 
  • CRISTÃO: "Oh, é mesmo,então me diga como a ciência provou isso?                                                                 
  • CÉTICO: "Bem, a ciência tem provado que a evolução é a verdade e não o criacionismo do Gêneses.                                                                             
  • CRISTÃO: "Os cientistas tem provado que há evolução é verdadeira? Como exatamente eles tem provado isso? 
  • CÉTICO: "Todos os cientistas do mundo sabem disso, claro". 
  • CRISTÃO: ". Bem, existem grandes diferenças na teoria da evolução pela comunidade científica, você Poderia dizer-me apenas qual versão desta teoria, ou o estudo especifico de determinada teoria da evolução, para eu poder analisá-la?                       
  • CÉTICO: " Eu não sei qual estudo especifico, Tudo o que sei é que eles provaram que é verdadeiro, e todo mundo sabe disso, por isso se ensinas nas escolas e universidades" 
  • CRISTÃO: " Na verdade, você não pode saber se isso é verdadeiro, pois você não pôde me dizer de qual cientista você tirou tal informação, ou de qual estudo específico sobre a evolução você tirou tal opinião. Assim, onde você tirou essa informação "?  CÉTICO: “ hora, É de conhecimento comum, Você ouve isso o tempo todo". 
  • CRISTÃO: " Só porque você ouve algo muito, não a torna verdadeira. No Natal eu ouço sobre Papai Noel o tempo todo também. Isso não faz dele real. O que você está me pedindo para fazer é acreditar na evolução, sem fornecer qualquer evidência para eu crer. Me desculpe, mas eu não posso fazer isso. Eu não posso simplesmente aceitar o que você diz como verdade, apenas porque você o diz. Isso significaria que eu teria que acreditar somente pela fé, e você acabou de dizer que isso era errado. "

         Parece que muitas pessoas que se opõem ao cristianismo quer que os cristãos tenham o trabalho de fornecer uma resposta para todas as nuances  de seu sistema de crença, mas não sentem que são obrigados a fazer o mesmo.O que me incomoda é que muitos cristãos aceitam essa premissa e fazem um monte de trabalho para provar, e a pessoa em questão não esta preocupada com a verdade, e sim ser apenas contra o cristianismo, achando que tal pensamento é retrogrado para a geração pós-moderna atual. Agora, algumas pessoas estão sinceramente buscando respostas, e devemos ser capazes de dar-lhes boas razões para acreditar, porque nós acreditamos em nossas próprias afirmações de fé. Mas, se o cético sente que é importante para você ter razões para sua fé, então eles devem ser igualmente responsáveis.
         Então meus amigos leitores, sempre que alguém quiser questionar suas crenças, peça para que ele mostre porque a crença dele é melhor que a sua, e em qual fundamento esta firmada essa opinião dele. Não se der o trabalho de responder as objeções dele sem que ele mostre onde esta o erro de sua crença e a solução. Mas esteja sempre pronto para responder os motivos que cercam as suas crenças, e quais os fundamentos sólidos que você esta firmado.

Um forte abraço, fiquem na Paz!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Temos Atualmente:
Comentários (3)
Filipe Fernandes disse...

Errou em dizer que o cético tem que provar o seu argumento. Isso é falácia. Só porque o cético nao consegue provar seu argumento, não quer dizer que aquele argumento é falho. A falta de evidência não é a evidencia da falta. No caso, o cristão deveria provar que o cético está errado. Outra coisa tbm: Cético não é sinônimo de ateu. Eu por exemplo, sou cético e sou cristão. O ceticismo ele apenas te ajuda à evitar dogmas. E te dá o direito de questionar, para assim encontrar a verdade, a certeza da verdade.

Christian Domingues disse...

Perfeito. Também notei que o texto pressupôs cético como sinônimo de ateu. Isso é um grande equívoco, dado que aquele caracteriza-se por fundamentar-se nos questionamentos para alcançar o conhecimento e este por desprezar, com convicção, a existência de um deus.

Christian Domingues disse...

Perfeito. Também notei que o texto pressupôs cético como sinônimo de ateu. Isso é um grande equívoco, dado que aquele caracteriza-se por fundamentar-se nos questionamentos para alcançar o conhecimento e este por desprezar, com convicção, a existência de um deus.

Postar um comentário

Cadastre-se abaixo e Receba os downloads em seu E-mail

Menu